O País – A verdade como notícia

Mais 1.321 pessoas dadas como recuperadas da COVID-19 em Moçambique

Em resultado do balanço feito pelo Ministério da Saúde (MISAU) nas últimas 24 horas, 1.321 pessoas foram dadas como recuperadas e outras 175 como infectadas pela COVID-19, no país. A instituição avança, ainda, que mais três pessoas perderam a vida, vítimas da doença.

As mortes ocorreram entre os dias 8 e 9 de Setembro corrente em três moçambicanos, cujas idades variam de 40 a 67 anos. Assim, existe, no país, um total de 1.891 óbitos devido ao novo Coronavírus.

O Ministério da Saúde (MISAU) anunciou a recuperação de 1.321 indivíduos do vírus pandémico. São 1.316 moçambicanos e cinco de nacionalidade ainda por se apurar. Deste modo, o país contabiliza, agora, um total de 140.641 recuperados da COVID-19.

Quanto aos infectados, o MISAU diz que 166 são nacionais e nove estrangeiros, dos quais 91 são homens e 84 mulheres, que contraíram a doença dentro do país.

A província de Nampula registou o maior número de infecções, com 45 casos, seguida pela província de Cabo Delgado, com 41.

“Assim, o nosso país tem, cumulativamente, 148.727 casos positivos registados, dos quais 148.358 são de transmissão local e 369 importados”, refere um comunicado do MISAU.

Na mesma nota, a instituição fez saber que, actualmente, Moçambique tem um cumulativo de 148.727 casos positivos registados, dos quais 148.358 de transmissão local e 369 importados.

“Nas últimas 24 horas, registámos cinco novos internamentos e 13 altas hospitalares. Até ao momento, o país tem um cumulativo de 6.870 pacientes internados, dos quais 86 estão, actualmente, nos Centros de Internamento da COVID-19 e em outras Unidades Hospitalares”, precisaram as autoridades da Saúde em comunicado.

Há, neste momento, um total de 6.191 casos activos da COVID-19 no país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos