O País – A verdade como notícia

Macomia reergue-se depois do Kenneth

A vida tende a voltar à normalidade na vila sede distrital de Macomia, Província de Cabo Delgado. A energia já foi restabelecida, o BCI activou caixas automáticas móveis para permitir que a população levante seus valores. A única Bomba de combustível também já está a funcionar.

Ainda assim, os rastos de destruição em Macomia, região mais afectada pelo ciclone tropical Kenneth, continuam visíveis, mas a população já começa a dar sinais de retoma das suas vidas.

Na cidade de Pemba, as vítimas do ciclone tropical Kenneth debate-se com problemas de mantas e roupas, que perderam devido ao mau tempo. As preocupações foram apresentadas à Directora-Geral do INGC, que esta quinta visitou os afectados nos centros de acomodação, onde prometeu resolver alguns dos problemas.

Uma semana depois da passagem do ciclone Kenneth, a maior parte das vítimas que vivem nos centros de acomodação da cidade de Pemba continua a dormir no chão e a enfrentar o frio supostamente devido à falta de mantas e roupas, que foram arrastados pela fúria das águas e os ventos fortes que fustigaram a província de Cabo Delgado.

Cerca de 20 mil afectados continuam nos centros de acomodação abertos ao nível da província de Cabo Delgado, dos quais cerca de quatro mil na cidade de Pemba. Ora, 6.500 quites de abrigo já chegaram a Pemba para serem disponibilizados à população afectada, com o avião do Reino Unido.

 

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos