O País – A verdade como notícia

Luís Gonçalves fora dos Mambas

Luís Gonçalves já não é seleccionador nacional de futebol. O técnico luso-mocambicano foi afastado depois de não ter conseguido o apuramento ao CAN-2021.

Gonçalves chegou aos Mambas em meados de 2019 para substituir Victor Matine do comando técnico dos Mambas e foi pela mão de Alberto Simango que foi apresentado.

Com a sua equipa técnica comandou o combinado nacional por 11 ocasiões, tendo alcançado quatro vitórias e um empate, todas partidas disputadas em 2019, ainda com Alberto Simango Jr. na presidência da Federação Moçambicana de Futebol, e seis derrotas, das quais quatro em 2020 e duas em 2021, todas já com Feizal Sidat como timoneiro da Casa do Futebol.

Todos os jogos foram referentes a eliminatórias de acesso a fase de grupos do Mundial, qualificação ao CAN e jogos amigáveis. Mas o maior objectivo da contratação de Luís Gonçalves era de garantir a qualificação ao CAN dos Camarões, ora perdido com a derrota sofrida está terça-feira, diante do Cabo Verde, em Maputo.

Com a não qualificação a maior prova futebolistica do continente, a direcção de Feizal Sidat decidiu pela rescisão do contrato com técnico, que já estava a projectar os próximos compromissos dos Mambas, nomeadamente em Maio, diante da Costa do Marfim, da fase de grupos de apuramento ao Mundial de Qatar, e o torneio regional da Cosafa.

Luís Gonçalves trabalhou durante dois anos como adjunto de Abel Xavier na fase de qualificação ao CAN-2017, objectivo igualmente falhado.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos