O País – A verdade como notícia

“Locomotivas” do Chiveve trucidam Cobra e estão a uma vitória da BAL

A estreia do Ferroviário da Beira na última fase de acesso à Liga Africana de Basquetebol não podia ter começado de forma diferente. Aliás, depois de ter terminado em segundo na fase anterior, os “locomotivas” da Beira entraram para esta derradeira fase como favoritos e não deixaram os seus créditos em mãos alheias.

Diante do Cobra Sport do Sudão do Sul, o Ferroviário da Beira não mediu esforços e venceu por 76-46.

Entrou bem no jogo e no primeiro período já vencia por 20-14, mas o excesso de confiança teria prejudicado a equipa moçambicana que, no segundo período, marcou cinco pontos a menos em relação ao Cobra, 15-20, indo ao descanso com o resultado de 35-34 a favor da turma da Beira.

O técnico espanhol do Ferroviário da Beira terá puxado as orelhas dos seus jogadores que voltaram transfigurados. 20-6 e 21-6 nos períodos finais, mostraram a vontade da turma moçambicana em sair vencedor e o resultado final de 76-46 é disso prova.

William Pery, com 12 assistências e 12 ressaltos, e Helton Ubisse, com 17 pontos, foram os melhores do lado moçambicano.

Em termos estatísticos, o Ferroviário da Beira teve um aproveitamento de 53.49% nos lançamentos de dois pontos, ou seja, 23 em 43 tentativas, contra 31.03% dos sudaneses, que acertaram nove em 29 tentativas. Nos lançamentos triplos, os “locomotivas” da Beira tentaram 21 vezes e acertaram sete, ou seja, 33.33%, enquanto o Cobra Spirt tentou 29 vezes e acertou oito, uma média de 27.59%.

Nos lançamentos livres, nos 6.25 metros, a turma de Moçambique teve 14 oportunidades e acertou nove, média de 64.29%, contra 57.14% do seu adversário, a razão de quatro acertos em sete tentativas.

Com este resultado, o Ferroviário da Beira está a uma vitória, num jogo a realizar-se próxima quinta-feira, quando forem 15:30h, diante do Ulinzi Warriors do Quénia, para garantir acesso directo à BAL.

Esta quarta-feira, as equipas do Quénia e do Sudão do Sul jogam entre si.

O New Star do Burundi, que devia fazer parte do grupo do Ferroviário da Beira, desistiu de disputar esta fase.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos