O País – A verdade como notícia

“Locomotivas” de Chiveve no grupo do vice da BAL

Foto: Fer. Beira

O Ferroviário da Beira está inserido na Conferência Sahara, na Basketball África League, BAL, uma prova que terá lugar na Arena Dakar, de 5 a 15 de Março próximo. O representante moçambicano terá no mesmo grupo o vice-campeão da edição passada, US Monastir da Tunísia.

A nata do basquetebol africano em masculinos está de volta! O Ferroviário da Beira, estreante da Liga Africana de Basquetebol, BAL, que vai na sua segunda edição, está inserido na Conferência Sahara, segundo ditou o sorteio realizado recentemente.

Sedeado no Dakar, de 5 a 15 de Março, o Ferroviário da Beira terá como principal adversário o vice-campeão da primeira edição, o Monastir da Tunísia, equipa bastante forte e possante, que tem na sua estrutura jogadores de elite do seu país e de outros países africanos e alguns americanos.

Para além do Monastir, fazem parte ainda do grupo do Ferroviário da Beira as equipas do AS Salé do Marrocos, Dakar University Club do Senegal, Rwanda Energy Group do Ruanda e Seydou Legacy Athlétique Club da Guiné.

Os pupilos de López Hernández têm a missão de representar o país ao mais alto nível, ou mesmo tocar o céu, superando a boa prestação do seu homónimo de Maputo, que chegou aos quartos-de-final da edição passada, a primeira.

Seria de resto, uma prestação de arrepiar o olimpo do basquetebol tendo em conta o défice competitivo que a equipa de Chiveve tem, tendo em conta que vai participar na competição apenas depois de disputar o campeonato nacional de basquetebol, a Liga Mozal, que arranca na próxima segunda-feira.

Na abertura da temporada da Conferência Nilo, o Dakar Universite Club (DUC) do Senegal enfrentará o Seydou Legacy Athletique Club (SLAC) da Guiné no primeiro dos 38 jogos que ocorrerão em três cidades ao longo de três meses em 2022. O Ferroviário da Beira abre a competição defrontando o Monastir da Tunísia, a 6 de Março, seguindo-se sucessivamente

Noutra Conferência, a Nilo, que estará sedeada no Cairo, Egipto, de 9 a 19 de Abril, estarão integrados no actual campeão da Liga Africana de Basquetebol, o Zamalek do Egipto, para além do BC Espoir Fukash da RD Congo, Cape Town Tigers da África do Sul, Cobra Sports do Sudão do Sul, Forças Armadas e Policiais dos Camarões e Petro Luanda de Angola.

Os quatro primeiros de cada uma das duas conferências se qualificam para a fase final, que terá lugar de 21 a 28 de Maio, na Kigali Arena.

 

PRESIDENTES DA BAL E DA FIBA-AFRICA EXPECTANTES COM A PROVA

Para o presidente da Basketball Africa League, Amadou Gallo Fall, há muito entusiasmo em que a prova possa decorrer, até porque haverá mais equipas a conhecerem a competição. “Estamos entusiasmados em receber sete novas equipas e quatro novos países na segunda temporada da BAL”, disse Amadou Gallo Fall, acrescentando ainda que “o actual campeão, Zamalek, vai ter que ultrapassar as cinco equipas que regressam à competição, para poder reerguer o troféu”

O Egipto esteve recentemente a representar a BAL na Taça Intercontinental da FIBA, ​​este mês no Cairo. Ou seja, a equipa está bastante rodada e motivada, mas Amadou Gallo Fall diz que “para levar o troféu da BAL-2022 para casa será muito quente, e estamos empolgados que mais fãs terão a oportunidade de assistir aos jogos ao vivo em três cidades africanas de classe mundial”.

Por seu turno, o presidente da FIBA-Africa, o moçambicano Aníbal Manave, está na expectativa de uma prova bem disputada, depois da experiência que foi a primeira edição. “Estamos empolgados com a dica desta segunda edição altamente antecipada da BAL. O ‘Road to BAL 2022’ (caminho para a BAL), que foi concluído com sucesso no final do ano passado, proporcionou aos adeptos alguns jogos emocionantes e acção cativante. Estamos optimistas de que esta temporada expandida da BAL será um grande sucesso”, disse Aníbal Manave em reacção ao sorteio realizado.

Os campeões das ligas nacionais de Angola, Egipto, Marrocos, Ruanda, Senegal e Tunísia garantiram a sua participação na edição 2022 da BAL ao vencerem as respectivas ligas nacionais. As restantes seis equipas, provenientes de Camarões, República Democrática do Congo, Guiné, Moçambique, África do Sul e Sudão do Sul, garantiram a sua participação através dos torneios de qualificação ‘Road to BAL’ nos respectivos países, entre Outubro e Dezembro de 2021.

 

CONFERÊNCIA DO SAHARA

AS Salé (Association Sportive Sale) – Marrocos

DUC (Dakar Universite Club) – Senegal

CFV – Beira (Clube Ferroviário da Beira) – Moçambique

REG (Rwanda Energy Group) (REG) – Ruanda

S.LAC (Seydou Legacy Athletique Club) – Guiné

US Monastir (Union Sportive Monastirienne) – Tunísia

 

CONFERÊNCIA DO NILO

BC Espoir Fukash – República Democrática do Congo

Cape Town Tigers – África do Sul

Cobra Sport (Cobra Sports Club) – Sudão do Sul

F.AP (Forces Armeés et Police Basketball) – Camarões

Petro de Luanda (Clube Atlético Petróleos de Luanda) – Angola

Zamalek (Campeão BAL 2021) – Egipto

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos