O País – A verdade como notícia

Liverpool empata, Chelsea e Man United perdem em casa

Foto: One Foobtall

O Liverpool, com um golo de Diogo Jota, empatou (3-3) num encontro frenético no campo do Brentford, resultado suficiente para deixar os ‘reds’ provisoriamente isolados na liderança da Liga inglesa de futebol.

Depois das primeiras derrotas da época de Manchester United e do Chelsea, o Liverpool tinha tudo para fugir no comando da competição, mas o Brentford, de regresso ao primeiro escalão, impediu o triunfo do próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões, com o golo da igualdade a chegar já na parte final da partida, aos 82 minutos, pelo avançado congolês Wissa.

A equipa da casa também chegou a estar em vantagem, através de um tento do central jamaicano Pinnock, aos 27 minutos, mas pouco depois, aos 31, o internacional português Diogo Jota voltou a colocar tudo empatado.

Na segunda parte, num período frenético, o egípcio Salah protagonizou a reviravolta para os ‘reds’, aos 54 minutos, seguido de nova igualdade, com o alemão Janelt a marcar para o Brentford, aos 63, e que terminou com novo golo do Liverpool, aos 67, por Curtis Jones.

Mesmo com o empate, o Liverpool está no topo da Premier League, com 14 pontos, mais um do que Manchester City, Manchester United, Chelsea.

O Manchester United perdeu em casa diante de Aston Villa, por 1-0, na tarde deste sábado, em jogo a contar para a 6ª jornada do campeonato inglês de futebol.

Com Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes no ‘onze’, o Manchester United tentou, mas não conseguiu chegar com verdadeiro perigo à baliza do Aston Villa, que, numa primeira parte inspirada, até teve um punhado de boas ocasiões para desfazer a igualdade.

Após uns primeiros 45 minutos em que o equilíbrio foi a nota dominante – e que contaram com a ‘contribuição’ de Diogo Dalot, que substituiu o lesionado Luke Shaw aos 34 minutos -, os ‘red devils’ acumularam oportunidades falhadas, com Bruno Fernandes, autor de várias assistências, a ser um dos mais insatisfeitos, até porque falhou uma grande penalidade aos 93 minutos.

Cavani entrou, aos 82 minutos, para formar dupla atacante com Ronaldo, mas o uruguaio acabaria por estar envolvido no golo dos visitantes, ao falhar a marcação a Kortney Hause, que, solto, marcou de cabeça na sequência de um canto e levou o Aston Villa ao sétimo lugar, com 10 pontos.

A primeira derrota do Manchester United no campeonato, e terceira nos últimos quatro encontros, foi também o primeiro jogo em branco de Cristiano Ronaldo desde que regressou a Old Trafford, com os ‘red devils’ a descerem à quarta posição da Premier League, com os mesmos 13 pontos de Liverpool, City e Chelsea.

 

DORTMUND DERROTADO PELO BORUSSIA MÖNCHENGLADBACH PELA MARGEM MÍNIMA

O Borussia Mönchengladbach recebeu e venceu hoje o Borussia Dortmund por 1-0, num jogo da Liga alemã de futebol marcado pela expulsão do médio dos visitantes, Mahmoud Dahoud, por acumulação de amarelos, aos 40 minutos.

O médio suíço Denis Zakaria fez o único golo da partida da sexta jornada aos 37 minutos, e a formação da casa aproveitou depois a vantagem numérica para controlar o jogo até ao fim, com o Dortmund, que contou com o internacional português Raphael Guerreiro a titular (foi substituído aos 82 minutos), a sair desta deslocação sem pontos.

Com a derrota, que interrompeu uma série de três vitórias no campeonato, o Borussia Dortmund, adversário do Sporting na Liga dos Campeões, segue no quarto lugar da Bundesliga, com 12 pontos, enquanto o Borussia Mönchengladbach é o 11.º classificado com sete pontos.

Nos outros jogos do dia na Alemanha, o Leipzig ganhou aoHertha Berlim por 6-0, marcando três golos em cada parte do jogo e arrecadando os três pontos que o colocam no 10.º lugar da Bundesliga, com sete pontos.

Na Red Bull Arena, e depois de três jogos para o campeonato sem ganhar, o Leipzig não deu hipóteses à formação da capital alemã (11.ª com seis pontos). Nkunku (16 e 70), Poulsen (23), Mukiele (45+3), Forsberg (60) e Haidara (70) foram os marcadores de serviço do Leipzig, que contou com o contributo do internacional português André Silva a partir dos 65 minutos, quando foi lançado para o lugar de Poulsen.

O Bayer Leverkusen bateu o Mainz (5.º com 10 pontos) por 1-0, com golo de Florian Wirtz, subindo ao segundo lugar da Bundesliga, com 13 pontos.

Já o Hoffenheim ganhou em casa ao Wolfsburgo por 3-1, depois de ter estado em desvantagem no marcador. Baku adiantou os visitantes aos 25, mas ainda antes do intervalo, aos 45+2, Kramaric restabeleceu a igualdade.

No segundo tempo, o austríaco Christoph Baumgartner marcou aos 74 e, aos 81, o checo Pavel Kaderabek, confirmaram a vitória do Hoffenheim, que está em nono com oito pontos, enquanto o adversário é quarto classificado com 13 pontos.

O Eintracht Frankfurt (12.º com cinco pontos) recebeu e empatou com o Colónia (sexto com nove pontos), por 1-1, com o tunisino Ellyes Skhiri a adiantar os forasteiros aos 14, mas o colombiano Rafael Borre igualou o marcador aos 45+6, levando à repartição de pontos.

E o Union Berlim (oitavo com nove pontos) beneficiou-se de um golo tardio (88 minutos) do avançado Kevin Behrens para vencer o Arminia Bielefeld (16.º com quatro pontos).

O Bayern Munique, adversário do Benfica na Liga dos Campeões e que venceu na sexta-feira na visita ao campo do Greuther Furth (3-1), lidera a Bundesliga com 16 pontos.

 

AC MILAN VENCE SPEZIA E SOBE PROVISORIAMENTE AO TOPO DA SÉRIE A

O AC Milan ganhou hoje o Spezia por 2-1, com Daniel Maldini, filho de Paolo e neto de Cesare, duas lendas dos ‘rossoneri’, em destaque, e os milaneses ascenderam provisoriamente à liderança da Liga italiana de futebol.

Depois de uma primeira parte sem golos e com poucas oportunidades de finalização de parte a parte, o técnico Stefano Pioli mexeu no conjunto de Milão ao intervalo, lançando o internacional português Rafael Leão e Pietro Pellegri no jogo, e, aos 48, Daniel Maldini adiantou o AC Milan no marcador.

Na primeira vez em que foi titular, o jovem de 19 anos, da terceira geração de futebolistas da família Maldini, apontou o seu primeiro golo ao serviço do AC Milan, na partida de abertura da sexta jornada da Série A.

O Spezia empatou aos 80, por intermédio de Daniele Verde, mas o médio espanhol Brahim Díaz, que tinha saltado do banco poucos minutos antes, deu a vitória aos ‘rossoneri’ aos 86, colocando o AC Milan no topo da tabela classificativa com 16 pontos, ao passo que o Spezia é 17.º com quatro pontos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos