O País – A verdade como notícia

Lin Medcare reforça o sector da saúde no combate a doenças na Cidade de Maputo

Foi inaugurada hoje, na Cidade de Maputo, a Lin Medcare, uma clínica que se compromete em prestar serviços de saúde de qualidade a baixo custo. Na ocasião, o secretário de Estado da Cidade de Maputo convidou a entidade a juntar-se ao Governo na luta contra as diversas enfermidades que assolam o país.

Em meio à eclosão da pandemia da COVID-19, o Grupo Lin investiu nos serviços ambulatórios, para dar assistência pré-hospitalar e evacuação de doentes em estado crítico.

Desta vez, a empresa apostou numa clínica, a Lin Medcare, apetrechada para prestar serviços nas áreas de medicina interna, com destaque para a ecografia 4D e ortopedia.

A nova entidade dispõe de 16 camas, várias unidades de atendimento que se estendem das consultas externas, bloco operatório, serviços de urgência, maternidade, laboratórios, farmácias, ambulâncias 24 horas ao dia e atendimento domiciliar.     

“Inaugurar a Lin Medcare é assumir o compromisso de fazer parte dos esforços do país para assegurar os nossos co-cidadãos no encontro das respostas sanitárias de elevado padrão no território nacional”, afirmou o Presidente do Conselho Administrativo do Grupo Lin, Lineu Cordeiro.

Cordeiro acrescentou que uma em cada 65 mulheres morre durante o parto, o que significa três vezes mais do que a média global, e foi olhando estes dados que o Grupo Lin importou a mais alta tecnologia para maternidade da clínica ora inaugurada.

Por seu turno, o secretário de Estado da Cidade de Maputo, Vicente Joaquim, afirmou que a unidade hospitalar eleva a capacidade de resposta da capital e deixou um desafio.

“Queremos exortar a Lin Medcare para que na sua actuação tenha sempre a referência, a melhoria contínua dos serviços que presta através da rápida adaptação às exigências actuais, onde o domínio da ciência e das ferramentas tecnológicas”, apelou osecretário do Estado da Cidade de Maputo, Joaquim Vicente.

Já Fernando Couto, em representação da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, disse que a iniciativa é um motivo de orgulho para o sector empresarial privado, porque mostra cada vez mais que é possível desenvolver negócios a partir dos jovens com capital moçambicano e gerar postos de trabalho.

De acordo com o Presidente do Conselho de Administração do Grupo Lin, a clínica disponibiliza uma linha de atendimento, com vista a reduzir as desigualdades entre as pessoas que procuram por serviços de saúde.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos