O País – A verdade como notícia

Liga-te à “Liga” de basquetebol

Fotos: O País

As cidades de Inhambane, Tete e Nampula acolhem, de 19 a 21 de Novembro, as fases regionais de apuramento à Liga Moçambicana de Basquetebol em seniores masculinos.

É a corrida a maior montra do basquetebol moçambicano. Doze equipas, três regiões e igual número de vagas disponíveis para a Liga Moçambicana de Basquetebol.

Com cinco primeiros classificados da edição 2019 do campeonato nacional de basquetebol sénior masculino, qualificados automaticamente (Ferroviário de Maputo, Costa do Sol, Ferroviário da Beira, A Politécnica e Universidade Pedagógica), corre-se contra o relógio para se encontrarem os conjuntos que irão completar o quadro de oito equipas que se vão bater pela conquista do título.

Mais, disputam uma vaga de acesso às próximas eliminatórias da Liga Africana de Basquetebol, prova organizada conjuntamente pela NBA e FIBA-África.

Com efeito, na zona sul, os jogos terão lugar na cidade de Inhambane com a participação das equipas Maxaquene e Desportivo Maputo (cidade de Maputo), Eagles da Maxixe e Dolphins de Vilankulo (Inhambane).

Já na zona centro, com os jogos agendados para a cidade de Tete, irão corporizar a prova estas formações: Instituto Superior Politécnico (Tete), Sporting Clube de Quelimane (Quelimane), Conselho Autárquico de Chimoio (Manica) e Clube Desportivo Municipal da Beira (de Sofala)

Finalmente, na zona norte, teremos o Núcleo Desportivo de Expansão (Cabo Delgado), Niassa Basquetebol Team, Clube Ferroviário de Nampula e União Juvenil de Napipine (Nampula).

Os primeiros classificados, as três regionais, qualificam-se para a Liga Moçambicana de Basquetebol, prova agendada para a cidade de Maputo.

De acordo com a organização, todos os jogos obedecerão estritamente ao protocolo sanitário em vigor, devendo, até à altura da realização das poules, a actualização do referido protocolo com indicação clara das regras a serem seguidas e os recursos necessários, cabendo à organização o seu estrito cumprimento.

A Liga Moçambicana de Basquetebol, em coordenação com a Federação Moçambicana de Basquetebol e Comissão Nacional de Árbitros de Basquetebol, prontificou-se a realizar, em cada um dos locais de realização das poules, um curso de actualização das novas regras e mecânica de 2 e 3 árbitros, bem como ministrará um curso de estatística.

Em 2020, devido à pandemia da COVID-19, não se realizou a Liga Moçambicana de Basquetebol. O Ferroviário de Maputo é o actual detentor do troféu, tendo vencido, em 2019, o Costa do Sol (3-0) no “play-off” da final disputada nos pavilhões do Maxaquene e Universidade Eduardo Mondlane.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos