O País – A verdade como notícia

Líderes do Moçambola 2018 perdem e deixam tudo na mesma

Em jornada pobre de golos, onde foram apontados apenas oito golos, os líderes do campeonato nacional de futebol da primeira divisão foram todos derrotados nos jogos da 20ª jornada, que efectuaram fora de portas.

O Ferroviário de Maputo, líder da prova, foi à Nacala e perdeu à tangente diante do Desportivo local, com Quaresma a ser o autor do único golo, resultado que ainda assim não destrona a “locomotiva” da capital do país da liderança e nem tira os “canarinhos” da cidade portuária de Nacala da zona da despromoção. A turna nacalense continua abaixo da linha d’água, na penúltima posição, agora com 19 pontos.

Já a Liga Desportiva de Maputo, segundo classificado, não aproveitou o deslize do líder para reduzir a diferença para apenas um ponto ao permitir uma vitória bastante açucarada do Incomáti de Xinavane, por duas bolas sem resposta. Dudú marcou os dois golos dos “açucareiros”, que somam dois jogos sem perder no canavial, depois de terem travado o Desportivo de Nacala.

À semelhança do Desportivo de Nacala, a vitória do Incomáti não afasta a turma de Xinavane da zona da despromoção, sendo a primeira abaixo da linha d’água, agora com 20 pontos.

Das equipas do topo, o Textáfrica de Chimoio não fez melhor que o Ferroviário de Maputo e a Liga Desportiva. Afinal, foi a Quelimane perder por uma bola sem resposta, diante do 1º de Maio. Belo Maravilha maravilhou os adeptos dos “trabalhadores”, que escaparam de entrar na zona da despromoção em face das vitórias do Incomáti e do Desportivo de Nacala. 1º de Maio conta com 22 pontos, os mesmos do Ferroviário de Nacala, estando a dois pontos da zona da “segundona”.

Costa do Sol e Ferroviário da Beira cederam empates

Os “canarinhos” da capital do país e os “locomotivas” de Chiveve não tiveram “estofo” suficiente para ultrapassar a UP de Manica e a ENH de Vilankulo, tendo cedido empates sem abertura de contagem. A turma de Horácio Gonçalves, que oscila os bons e maus resultados, desta vez foi a Gondola empatar, perdendo a possibilidade de aumentar os seus pontos. Já o outro Gonçalves, o Rogério, alcançou o seu primeiro ponto ao serviço do Ferroviário da Beira, na deslocação a Vilankulo, perdendo, por seu turno, a oportunidade de alcançar o Costa do Sol na tabela classificativa.

Quem entrou para o top5 da tabela classificativa é o Ferroviário de Nampula que derrotou o Sporting, também de Nampula, por duas bolas sem resposta. Luckman e Belito deram a vitória aos “locomotivas” da capital do norte.

UD Songo ameaça liderança

Assim, no topo da tabela classificativa continua intacta, mas com sérias ameaças da União Desportiva de Songo, que continua com muito jogos em atraso, agora em número de cinco.

Se considerarmos que o líder tem 38 pontos, mais 8 que a União Desportiva de Songo, que ainda tem 15 pontos por conquistar nas cinco partidas que tem em atraso, os líderes ficam ameaçados. E vai começar a recuperar pontos já no próximo domingo, quando receber o Incomáti de Xinavane, em partida da 17ª jornada, voltando a jogar a 08 de Agosto, quarta-feira da próxima semana, em Nacala, diante do Desportivo local, para a 18ª jornada. Ficarão a falta os jogos diante do Maxaquene, para 15ª jornada, em Maputo, e mais dois jogos em Songo, nomeadamente diante da UP de Chimoio (19ª jornada) e Clube de Chibuto (20ª jornada).

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos