O País – A verdade como notícia

Líderes africanos felicitam Nyusi e Momade pelo acordo de reconciliação

A assinatura do acordo de paz e reconciliação, na Praça da Paz, em Maputo, foi testemunhada por diversos líderes africanos, os quais, reagindo ao acto, felicitaram Filipe Nyusi e Ossufo Momade pelo momento histórico que juntos protagonizam.

Entre os líderes africanos, o primeiro a discursar foi o Presidente da Namíbia e da SADC. Hagi Gengob congratulou os que considera seus irmãos, Filipe Nyusi e Ossufo Momade, por encontrarem na paz o requisito para o desenvolvimento de todos os moçambicanos: “É um momento ímpar para mim. A vossa batalha para silenciar as armas é grande. Reconhecemos esta paz duradoura que acaba de começar. Os presidentes Nyusi e Momade vão levar a cabo este processo”.

Igualmente como testemunha deste momento importante para o país, esteve Cyril Ramaphosa. Na percepção do Presidente da África do Sul, o acordo de hoje é o princípio do propósito africano de silenciar as armas até 2020. Logo, o evento desta tarde é uma pedra angular para alcançar a pacificação da região e do continente inteiro. “Estamos hoje a fazer história, resultante da coragem de Nyusi e Momade”, disse Ramaphosa.

O Vice-Presidente do Zimbabwe, também interveio na Praça da Paz. Na óptica de Kembo Muhadi, a assinatura deste acordo é importante para os moçambicanos e para os seus vizinhos. O acordo vai melhorar condições económicas e o mundo vai-se beneficiar das cessações das hostilidades em Moçambique.
Já o Presidente da Comissão da União Africana, Moussa Mahamat, felicitou Filipe Nyusi e Ossufo Momade pela coragem que lhes permitiu alcançar este acordo de reconciliação.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos