O País – A verdade como notícia

Líder do principal partido da oposição na Tanzânia julgado por financiar terrorismo

O líder do principal partido da oposição da Tanzânia, Freeman Mbowe, esteve hoje no Tribunal Superior do país para responder a um processo no qual é acusado de terrorismo. O caso é considerado pelos membros da sua formação como uma jogada política.

De acordo com o Jornal de Angola, Freeman Mbowe, presidente de Chadema, principal partido da oposição na Tanzânia, está preso desde o passado dia 21 de Julho, junto de outros altos funcionários da sua formação política, detidos horas antes de realizarem um fórum público, no sentido de exigir reformas constitucionais.

Nesta terça-feira, o dirigente político compareceu ao Tribunal Superior tanzaniano, para responder a um processo no qual é acusado de incitar terrorismo no país.

Por seu turno, Freeman Mbowe culpa a polícia de o torturar, numa tentativa de o forçar a confessar o crime de que é acusado. Especificamente, a justiça tanzaniana acusa o homem de 59 anos de financiar terrorismo e conspiração contra o Estado.

O partido opositor na Tanzânia descreve as detenções como uma clara continuação do Governo opressivo do falecido presidente da Tanzânia, John Magufuli, que morreu no passado mês de Março, devido a uma doença.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos