O País – A verdade como notícia

LAM já começou a pagar dívidas aos fornecedores de serviços essenciais

A actual direcção da LAM enfrenta o desafio de reestruturar a dívida que tem com os bancos comerciais e fornecedores. Uma dívida que totaliza 230 milhões de meticais e que fez com a companhia de bandeira nacional passasse a pagar diariamente pelo abastecimento do combustível nas aeronaves.

O director-geral da LAM, João Carlos diz que os pagamentos já foram iniciados, entretanto, considera que ainda são insignificantes tendo em conta o volume total da dívida.

A menos de um mês da entrada de um novo operador aéreo no mercado doméstico, a LAM está a preparar-se para concorrer com a Ethiopian AirLines.

Quanto à reestruturação da empresa, João Carlos revelou que já eliminou uma direcção e está a reduzir alguns departamentos, como forma de diminuir custos.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos