O País – A verdade como notícia

LAM com nova aeronave para voos executivos

O Fundo de Desenvolvimento de Transportes adquiriu uma aeronave para Linhas Aéreas de Moçambique. A Aeronave destina ao transporte exclusivo e a mesma também poderá ser usada nas deslocações do Presidente da República e custou 560 milhões de meticais.

A informação foi avançada hoje, pelo Ministro do Pelouro, Carlos Mesquita, aquando empossamento da nova direcção do Instituto Nacional de Meteorologia (INAM), sobre a recente aquisição de uma aeronave para o transporte exclusivo, nas Linhas Aéreas de Moçambique (LAM). Com o prejuízo de 560 milhões de meticais, a aeronave de Marca BOMBARDIER modelo CHALLENGE 850, tem a capacidade para 15 passageiros e foi adquirida através do Fundo de Desenvolvimento dos Transportes, segundo a edição desta quarta-feira, do Jornal Notícias.

Respondendo às questões de jornalistas, sobre esta nova aquisição da LAM, o Ministro do pelouro, Carlos Mesquita explicou que a aeronave não foi adquirida pelo Chefe de Estado, mas que poderá sim, querendo a presidência fazer o uso da mesma.

“É una aeronave da LAM, RAMEx com matrícula civil e tem destino específico que é o transporte executivo que tem se mostrado bastante atractivo e como se tem visto os constrangimentos que se verificam nos voos comerciais da LAM, achamos que a mesma poderá também ser usada pelo colectivo da presidência para evitar os atrasos nas agendas governamentais do Chefe de Estado”, disse Carlos Mesquita, que advertiu que a mesma não foi adquirida pelo Presidente da República, como rolam os boatos.

Ainda no mesmo diapasão, espera-se a aquisição de mais outras duas aeronaves, modelo Q400, em “leasing” para reforçar o défice.

“Estas operações tem por objectivo rentabilizar a LAM, para a adoptar de mais capacidade operacional e segura porque precisamos de ter uma transportadora de bandeira nacional devidamente enquadrada neste mercado que se vê cada vez competitivo”, realçou o Ministro Mesquita.

Salientar que o Fundo de Desenvolvimento de Transportes e Comunicações, também apoia outras áreas tais como: a marinha, aeroportos e na aquisição de transportes públicos de passageiros onde para este ano, espera-se receber mais 300 autocarros.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos