O País – A verdade como notícia

LAM cancelou 28 voos devido ao ciclone Idai

O ciclone Idai obrigou a LAM a cancelar 28 voos e como consequência 500 passageiros ficaram em terra. Isso significou cerca de mil a quatro mil dólares perdidos por voo.

Outra área que foi afectada é o armazém da LAM localizado na cidade da Beira que ficou com a cobertura totalmente destruída e até agora não foi possível repor o tecto. O armazém tem mil metros quadrados da área coberta.

A LAM teve que interromper as suas actividades na região afectada pelo ciclone no dia 13 de Março e só retomou no domingo, dia 17. De lá para cá, a empresa retomou os voos para as províncias afectadas e já transportou nove mil passageiros.

Essas informações foram avançadas hoje pelo director geral da empresa, o engenheiro João Carlos Pó Jorge, numa conferência de imprensa, na cidade de Maputo.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos