O País – A verdade como notícia

“Junta” regista fraco movimento nos transportes África do Sul-Moçambique

Foto: O País

Há registo de fraco movimento de passageiros nos transportes entre Moçambique e África do Sul. Os transportadores, que operam na Terminal da Junta, dizem que a situação se deve à exigência de comprovação de vacinação nas fronteiras.

Faltam passageiros e ainda sobra tempo para uma soneca na Terminal da Junta, cidade de Maputo. Numa altura em que se aproxima a festa do Natal, ainda se regista pouco movimento no transporte de Moçambique para África do Sul e vice-versa.

“Aqui, era possível encontrar filas enormes de pessoas querendo viajar e voltar da África do Sul, agora não há nada, nem sei se vou carregar hoje. Nos anos passados, eu carregava sem parar, sempre que chegasse esses dias. Ficamos dois ou três dias à espera de passageiros”, disse um dos transportadores.

Jaime Neto é também transportador de passageiros e diz que o seu trabalho é condicionado pela exigência de comprovativos de vacinação nas fronteiras. “Vamos esperar para ver como será no próximo mês”, acrescentou.

Por sua vez, o transporte interprovincial regista uma normalidade, embora alguns utentes acusam os operadores de serem desonestos e de levarem apenas pessoas com carga.

A Associação dos Colaboradores de Passageiros diz que a situação está controlada e está tudo preparado para atender um possível aumento da procura nos próximos dias.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos