O País – A verdade como notícia

Julgamento em campanha condena mais de 600 reclusos e absolve mais de 200

Mais de 600 arguidos foram condenados e acima de 200 tirados das cadeias nacionais graças à segunda fase de julgamentos em campanha. A iniciativa foi promovida em Junho pelo Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos em sete províncias.

Com um orçamento geral de 16 milhões de meticais, os julgamentos em campanha visavam atender aos crimes considerados leves ou menos difíceis. Tinha como meta assistir a 1549 arguidos, mas apenas assistiu a 1177, uma realização que representa 75,90 por cento.

O Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos aponta como um dos maiores problemas desta iniciativa, o facto de não estar incluído no Orçamento do Estado.

A segunda fase dos julgamentos em campanha decorreu de 4 a 18 de Junho passado em Nampula, Cabo Delgado, Província de Maputo, Sofala, Manica, Niassa e Zambézia, províncias consideradas críticas em termos de reclusos com processos estagnados.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos