O País – A verdade como notícia

Juiz Silica homenageado no local onde foi assassinado

Passa-se hoje quatro anos de silêncio, após a morte do juiz Dinis Silica. O assassinato, que aconteceu as 8 horas do dia 8 de Maio de 2014, simplesmente ainda não foi esclarecido.

Para marcar a passagem da data, membros da Associação Moçambicana dos Juízes, família Silica, magistrados do Ministério Publico e amigos, fizeram uma homenagem no local do crime. Aliás, trata-se de um gesto que se tornou tradição desde que houve o assassinato. Estes, vão todos os anos ao local para depositar flores e fazer orações em memória do juiz.

Dinis Silica foi assassinado com cerca de 20 tiros, no seu carro, no semáforo localizado no cruzamento entre as avenidas Karl Marx e Marien N’gouabi, na cidade de Maputo, quando saia da sua residência em direcção ao trabalho.

Dinis Silica perdeu a vida no local, numa altura em que trabalhava como juiz de instrução criminal e estava ligado aos casos de raptos e sequestros.

A Associação Moçambicana dos Juízes instituiu o oito de Maio como o dia do juiz.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos