O País – A verdade como notícia

Jovem morre afogado durante fuga por mau tempo na Beira

Um jovem de 18 anos de idade morreu afogado quando pretendia atravessar uma ponte coberta pela água da chuva, no dia do ciclone “Eloise”, na cidade da Beira, em Sofala.

A ponte em alusão, feita com recurso à madeira já degradada, liga o bairro de Macurungo ao de Matacuane e vice-versa. Para atravessar a via, os moradores usam paus para identificar as extremidades e o piso da mesma ponte.

A vítima, identificada pelo nome de Horácio Sebastião, encontrou a morte na manhã do último sábado. Na altura em que ele foi arrastado pela água, estava na companhia de três amigos e procuravam um lugar seguro para abrigo, devido à chuva intensa e ventos fortes.

O corpo foi localizado no fim da tarde de segunda-feira. De acordo com a tia da vítima, Horácio Sebastião frequentava a 11ª classe. “Estamos muito chocados com a sua morte e apelamos às autoridades a reabilitar ou construir uma nova ponte para garantir uma travessia segura”.

Os moradores de Matacuane, zona onde o jovem morreu afogado, referiram que não é a primeira vez que uma pessoa escorrega e perde a vida naquela ponte. O problema repete-se sempre que há chuvas intensas, porque a infra-estrutura fica submersa e é preciso reconstruí-la.

“O nosso bairro não está bem em termos de saneamento. Sempre que cai uma pequena chuva há inundações e a vala onde está a ponte não consegue dar vazão à água e ela fica submersa. A travessia é um risco mas, infelizmente, é a única via que garante a ligação entre o bairro de Matacuane e Macurungo. Exortamos as autoridades municipais a reabilitarem a vala e a ponte”, pediu Ernesto Manuel, um dos moradores de Matacuane.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos