O País – A verdade como notícia

Em julgamento: jovem confirma ter coagido menor a fazer-lhe sexo oral em Inhambane 

Foto: O País

Trata-se de um episódio que ocorreu, em Outubro de ano passado, em Inhambane, quando Polim Nhapossa, jovem de 19 anos de idade, manteve relações sexuais com uma menina, à data dos factos com 10 anos.

Em sede do tribunal, o implicado contou que tudo começou quando estava num bar a consumir bebidas alcoólicas. Já por volta das 15h00, quando abandonou o local cruzou-se, pelo caminho, com a referida menor e foi aí que teve a ideia de “usá-la” como seu objecto sexual.

Polim contou, ao Tribunal Judicial de Inhambane, que conduziu a menina para uma casa abandonada perto do local em que estavam, onde, de seguida, mostrou à vítima um vídeo pornográfico que estava no seu celular.

Depois de ver o vídeo, o arguido obrigou a vítima a fizer o mesmo que acabavam de ver no vídeo, no caso, sexo oral. “Eu mostrei o vídeo, depois baixei as minhas calças e mandei a ela imitar o que se fazia no vídeo, ela não negou! Fez, mas depois colocou-se a chorar”, disse o arguido diante do tribunal.

Perante insistência do Ministério Público, o arguido recusou ter usado a força para obrigar a menina a manter relações sexuais com ele. “Depois de ela chorar, dei orientações para ela ir para casa. De seguida, cruzei-me com uns amigos, foi quando a menina apareceu com o pai e apontou-me”, acrescentou Polim, perante a assistência.

1

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos