O País – A verdade como notícia

Josefina Massango é a nova directora-artística do Cine Scala

Josefina Massango é a nova directora-artística do Cine Scala, na Cidade de Maputo. O grande desafio da actriz é explorar as potencialidades da infra-estrutura para promover diferentes manifestações artísticas.

 

Aos 14 anos de idade, Josefina Massango começou a frequentar o Cine Scala. Nessa altura, a adolescente fazia o que fosse possível para ver filmes. E, quando a regra do cinema a impedia de ver as longas-metragens destinadas a maiores de 18 anos, lá recorria ao guarda-facto das irmãs mais velhas para que, usando certas peças de roupas, umas biqueiras e uns ósculos escuros, parecesse mais crescida. Aliado a isso, o golpe de mestre: fazia-se acompanhar por uma pessoa adulta e, ao entregar o ingresso ao porteiro, evitar encara-lo nos olhos. Muitas vezes, esse truque deu certo e, assim, pôde acompanhar as várias produções cinematográficas do seu tempo.

35 anos depois de começar a frequentar aquele cinema localizado na Baixa da Cidade de Maputo, Josefina Massango recebe o convite para dirigir a componente artística do Scala. Por isso mesmo, a actriz confessa: “É uma honra estar nesta casa onde conheci as maiores alegrias em termos de cinema”.

Ao longo dos anos, de facto, o Scala foi sobretudo um espaço de promoção e divulgação da sétima arte. Desde os filmes cowboys americanos aos romances indianos, o Scala afirmou-se como um dos locais de referência na geografia da capital moçambicana, funcionando, inclusive, como uma janela aberta para o mundo.

Não obstante o foco no cinema, a gestão do Scala pretende, actualmente, aproveitar o espaço para promover as mais diversas manifestações artísticas. Por exemplo, dança, música, artes plásticas e, inclusive, teatro. “O teatro foi pouco explorado aqui, mas a intenção é, agora, explorar ainda mais essa arte, porque o espaço permite. Portanto, o projecto é convidarmos todos os artistas que queiram fazer alguma coisa no Scala”.

O Cine Scala foi construído em 1931, lá vão 91 anos. Actualmente, é gerido pela Associação Cultural Scala. A directora-artística anterior a Josefina Massango foi Chimene Costa.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos