O País – A verdade como notícia

José Domingos formaliza candidatura à presidência do MDM

Foto: O País

O actual secretário-geral do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) formalizou, hoje, a sua candidatura à presidência do partido. Na ocasião, José Domingos apelou para união no seio do partido.

Faltando apenas três dias para o fim do prazo da formalização da candidatura à presidência do MDM, José Domingos, o actual secretário-geral do partido, regularizou a sua a candidatura para sucessão de Daviz Simango, falecido em Fevereiro do corrente ano.

Acompanhado pelos apoiantes, o candidato dirigiu-se, na última segunda-feira, à sede do partido na cidade da Beira, onde apelou para união por parte de todos os membros do MDM.

“Estou feliz, porque, mais uma vez, os membros do partido que querem o bem do MDM, voltaram a confiar em mim para a candidatura à sucessão do engenheiro Daviz Simango. Na nova caminhada, esperamos muita união e perdoaremos todos que se opuseram à continuidade e de mãos dadas”, afirmou José Domingos, candidato à presidência do MDM.

A corrida pela presidência do MDM tem sido marcada por divergências por parte dos membros do partido. Apesar deste martírio, José Domingos mostrou a sua determinação para continuar a traçar os destinos do partido, tendo apelado para calma.

“Em política, temos adversários. Neste momento, alguns pensam que estamos numa guerra titânica enquanto isso devia ser transformado em festa. Faremos a nossa parte. Continuaremos a trabalhar para dar seguimento às metas traçadas pelo partido para o país”, acrescentou o candidato.

Para Elias Unpuire, membro do partido e apoiante de José Domingos, Lutero Simango não pode concorrer à presidência do partido por este ser presidente do PCN.

“A lei dos partidos políticos em Moçambique só permite que um membro seja apenas para um partido e não para vários. Entre os nossos candidatos, infelizmente, alguns são presidentes dos outros partidos e isso não é permitido por lei”, disse Unpuire.

De recordar que, no mês passado, a Liga da Juventude do MDM manifestou o seu apoio a Lutero Simango e não a José Domingos. O prazo para submissão da candidatura termina no próximo dia 30 do mês em curso.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos