O País – A verdade como notícia

Ivone Soares avalia negativamente governação do PR

A presidente da bancada da Renamo, Ivone Soares, diz que a primeira metade do mandato de Nyusi é marcada por desobediências ao Chefe de Estado dentro do seu próprio partido.

Soares traz como exemplo o facto de Filipe Nyusi ter prometido que de tudo faria para que o Parlamento viabilizasse a proposta de eleição de governadores provinciais, tendo entretanto, a bancada da Frelimo chumbado a proposta.

“Foi uma marca muito negativa, de vermos que o Chefe do Estado dava uma orientação ao seu partido e a bancada do seu partido não cumpria. Portanto, a governação do Chefe Nyusi não está a trazer aquilo que ele prometeu no discurso inaugural. Eu penso que o ideal seria pegar no discurso inaugural que ele fez e diariamente reler, assim como os seus assessores e ministros e depois analisarem se aquele discurso é realmente consentâneo com o comportamento que estão todos eles a ter neste momento”, disse.

Soares saúda o facto de Filipe Nyusi ter feito uma autoavaliação dos dois anos e meio de governação, mas diz que o Chefe de Estado devia ter mostrado o que se tinha planificado para se analisar em que percentagem foi executado.

A chefe da bancada do maior partido de oposição volta a criticar o facto de dirigentes usarem viaturas que considera bastante luxuosas, enquanto na falta do transporte, os moçambicanos são conduzidos em carrinhas de caixa aberta, vulgo My Love.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos