O País – A verdade como notícia

Itália vence Inglaterra, conquista Euro e festeja em Wembley

Gianluigi Donnarumma defendeu duas grandes penalidades no segundo triunfo dos “azzurri” no EURO após uma final equilibrada em Wembley.

Gianluigi Donnarumma defendeu as conversões de Bukayo Saka e Jadon Sancho no desempate por penáltis, enquanto Marcus Rashford acertou no poste e a Itália acabou por levar a melhor sobre a Inglaterra na tensa final do UEFA EURO 2020.

A Inglaterra teve um início de sonho na estreia em finais do EURO, com Luke Shaw a levar Wembley ao delírio com um golo logo aos dois minutos, mas a Itália equilibrou e conseguiu empatar no segundo tempo com um golo de Leonardo Bonucci. A final do UEFA EURO 2020 só foi decidida nos penáltis e aí Gianluigi Donnarumma revelou-se decisivo.

 

COMO FOI O JOGO

A equipa da casa não podia ter começado melhor, numa transição rápida logo aos dois minutos, Kieran Trippier fez um cruzamento a toda a largura do campo e Luke Shaw surgiu ao segundo poste a estrear-se a marcar por Inglaterra com um remate colocado. Os italianos só responderam aos 35 minutos, numa jogada individual, Federico Chiesa fez a bola passar a rasar o poste da baliza inglesa.

Roberto Mancini decidiu fazer uma dupla substituição aos 55 minutos e, logo a seguir, Insigne testou os reflexos de Jordan Pickford com um remate de ângulo reduzido. O guarda-redes inglês brilhou aos 63 minutos com uma excelente defesa a remate de Chiesa. A pressão italiana deu frutos aos 67 minutos, na sequência de um pontapé de canto, Marco Verratti surgiu a cabecear e obrigou Pickford a desviar para o poste, com Leonardo Bonucci a aproveitar para marcar na recarga. O suplente Domenico Berardi ficou perto de consumar a reviravolta aos 74 minutos, mas não acertou na baliza após uma espectacular desmarcação.

Kalvin Phillips, com um remate de longe, criou a primeira jogada de perigo do prolongamento para a equipa de Gareth Southgate, mas os italianos responderam com uma jogada em que Federico Bernardeschi falhou a emenda para golo por muito pouco. O médio italiano voltou a ameaçar Pickford na marcação de um livre aos 106 minutos, foi a última situação de golo e o jogo seguiu para desempate. Os ingleses marcaram apenas duas das cinco tentativas e os italianos festejaram o segundo título europeu.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos