O País – A verdade como notícia

Isaura Nyusi apela para uma maior protecção das crianças

Foto: O País

Hoje é Dia Internacional da Criança. Por ocasião da efeméride, a Primeira-dama, Isaura Nyusi, diz que a COVID-19 e o terrorismo em Cabo Delgado privam os petizes de gozar os seus direitos e lembra que a protecção deste grupo depende de todos.

A cada 01 de Junho, celebra-se o Dia Internacional da Criança. Em Moçambique, a data é celebrada sob o lema: “Proteger a Criança é Responsabilidade de todos”!

Para a Primeira-dama, o lema deste ano lembra a sociedade a necessidade de assumir com zelo o seu dever de proteger as crianças, educá-las e criar condições para que elas tenham um desenvolvimento saudável.

Segundo Isaura Nyusi, o 01 de Junho é celebrado num momento em que o país enfrenta a pandemia da COVID-19 e várias crianças são privadas dos seus direitos por causa do terrorismo em Cabo Delgado e da instabilidade militar em Manica e Sofala.

Além da violência armada nas três províncias, Isaura Nyusi diz haver, também, crianças desamparadas, negligenciadas e submetidas a maus-tratos pelas próprias famílias e na comunidade onde vivem.

A Primeira-dama recorreu ao Inquérito sobre a Violência contra a Criança, recentemente divulgado em Maputo, para lembrar que 30% das raparigas e 40% dos rapazes, de 18 a 24 anos, sofreram algum tipo de violência antes dos 18 anos.

Isaura Nyusi considera a criança o futuro do país. Por isso, o seu bem-estar é prioridade nas intervenções das instituições públicas e privadas. O seu crescimento saudável depende de toda a sociedade.

Deste modo, realçou a Primeira-dama, a família deve continuar a ser o núcleo onde são transmitidos valores morais, éticos e cívicos para que amanhã as crianças sejam cidadãos íntegros e assumam a liderança, em vários sectores da sociedade, e garantam a preservação dos valores culturais e sociais.

Segundo Isaura Nyusi, o carinho, a paz e harmonia, o respeito e a atenção aos pais, avós e encarregados de educação devem estar sempre presentes no dia-a-dia das crianças.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos