O País – A verdade como notícia

Inundações urbanas podem atingir Nampula e Quelimane

Face às previsões meteorológicas e a situação hidrológica prevalecente, para as próximas 72 horas, a Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos (DNGRH) lança um alerta sobre o aumento do volume de escoamento nas bacias hidrográficas dos rios Licungo, Ligonha, Mecuburi, Meluli, Melela, Molócue, Monapo, Namacurra, Raraga, Baixo Zambeze e Bacias costeiras das províncias de Nampula e Zambézia.

De acordo com a mesma fonte, prevêem-se, ainda, inundações urbanas nas cidades de Nampula e Quelimane e erosão pluvial em Nacala Porto; a prevalência de escoamentos altos na bacia hidrográfica do rio Maputo e inundações em áreas agrícolas adjacentes, sendo que, para as restantes bacias, não se prevê alteração significativa do actual cenário hidrológico.

Perante este quadro, a DNGRH apela à população vivendo em zonas baixas e ribeirinhas, particularmente nas bacias hidrográficas supracitadas, para a tomada de medidas de precaução, devido ao elevado volume de escoamento de água.

Refira-se que os dados da DNRH indicam que, nas últimas 24 horas, houve registo de chuva fraca à moderada na rede nacional de observação hidroclimatológica. Na região Sul, devido ao escoamento proveniente de montante, a bacia hidrográfica do rio Maputo em Madubula e Fronteira Oeste continua a registar subida do nível hidrométrico, mantendo-se acima do nível de alerta.

As bacias dos rios Mutamba e Inhanombe registam ligeira subida do nível hidrométrico, devido à chuva registada nas últimas 48 horas, mantendo-se abaixo do nível de alerta. As restantes bacias hidrográficas registam nível hidrométrico oscilatório com tendência generalizada a baixar, mantendo-se abaixo do nível de alerta.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos