O País – A verdade como notícia

Inspector da INAE detido por supostas cobranças ilícitas a agentes económicos

O inspector da INAE, Verónio Duvane, foi detido ontem pelo Gabinete Central de Combate à Corrupção por, supostamente, ter cobrado 250 mil Meticais a um agente económico, na Cidade de Maputo.

Tudo terá começado quando Verónio Duvane, como director das Operações da Inspecção, constituiu uma equipa com a qual iria apreender produtos contrafeitos em Maputo. Quando lá chegaram, segundo apurou o “O País”, os agentes da INAE terão cobrado valores ao agente económico para que os produtos não fossem apreendidos e orientou que o valor fosse entregue no seu escritório, na INAE-Central, na Cidade de Maputo.

Nesse processo, segundo a nossa fonte, o Gabinete Central de Combate à Corrupção teria tomado conhecimento e deslocou-se à INAE, onde encontrou a quantia de 250 mil Meticais na posse do inspector. De seguida, Duvane foi detido e aguarda procedimentos legais subsequentes, sendo que a sua prisão deverá ser legalizada em 48 horas.

A Inspecção Nacional das Actividades Económicas vai pronunciar-se dentro de meia hora sobre esta detenção, enquanto o Gabinete Central de Combate à Corrupção também diz estar a preparar uma comunicação oficial.

 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos