O País – A verdade como notícia

INS estuda combinação de vacinas para prevenir COVID-19

Foto: O País

O Instituto Nacional de Saúde está a estudar uma alternativa à vacinação contra a COVID-19, através da combinação das vacinas Johnson & Johnson e Verocel. O estudo vai abranger pessoas não vacinadas, na Cidade de Maputo, com idades entre 18 e 65 anos.

Trata-se da segunda edição do Estudo de Efectividade e Segurança da COVID-19 (ECOVA), lançado em Dezembro do ano passado pelo INS, cujo objectivo é prover mais alternativas para a imunização contra a pandemia do novo Coronavírus, sem depender exclusivamente de num único tipo de vacina.

Segundo avançou a sub-investigadora da ECOVA, Patrícia Ramgi, com o estudo “queremos perceber se mudando o esquema da vacinação, podemos encontrar esquemas mais eficazes e que melhor protejam contra doença grave e morte por COVID-19”.

Segundo a investigadora do INS, o ensaio vai abranger 360 pessoas, na Cidade de Maputo, com idades entre 18 a 65 anos. Desde que foi lançada em Dezembro do ano passado, já foram aprovados 4 voluntários e cerca de 50 ainda estão em avaliação.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos