O País – A verdade como notícia

INNOQ certifica hortícolas nacionais para posterior venda nos supermercados

Trata-se de uma iniciativa do sector privado e que vai custar cerca de 1.9 milhão de meticais. Este é um acordo entre a Solidariedad e o Instituto Nacional de Normalização e Qualidade NNOQ, que, na verdade, já vem tendo efeitos desde 2016 e que consiste na cerificação de produtores de alguns distritos de todo o país para a produção de hortícolas.

O objectivo é que as hortícolas nacionais sejam elegíveis para venda nas grandes cadeias de supermercados nacionais e internacionais, assim como em empresas de catering.

Reconhecendo que a certificação é uma tarefa exclusivamente sua, o INNOQ diz que o acordo com a Solidariedad vai ser um auxílio ao seu plano estratégico nesta área de actividade.

O Instituto Nacional de Normalização e Qualidade diz que neste momento está a ter défice de cerca de 1.2 milhão de dólares para viabilizar o processo de certificação de diferentes produtos em todo o país.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos