O País – A verdade como notícia

Iniciaram X jornadas nacionais de saúde em Maputo

Arrancaram esta segunda-feira, em Maputo, as décimas sextas jornadas Nacionais de saúde. O evento vai juntar cerca de 1 500 delegados de todo o país e terá a duração de quatro dias.

É a décima sexta vez desde a Independência que pesquisadores, académicos e especialistas em saúde nacionais se juntam em jornadas científicas para a divulgação e discussão de resultados da investigação científica em saúde realizada no país; actualização sobre temas relevantes para a saúde pública a nível global e nacional; interacção entre a comunidade científica nacional, profissionais da saúde e fazedores de política; dinamização do diálogo entre os produtores de evidência científica e fazedores de política; e intercâmbio entre a comunidade científica nacional, profissionais da saúde e fazedores de política.

O encontro foi aberto pelo vice-ministro da Saúde, João Leopoldo da Costa, que no seu discurso defendeu que a eficiência e a qualidade do sistema nacional da saúde podia advir da investigação e do debate dos resultados obtidos. “Temos que, no dia-a-dia, discutir os problemas da saúde, questionando por que este resultado e não este resultado. É importante criarmos em nós esta cultura de investigação”, apelou o ministro.

Quinhentos e cinquenta e um (551) trabalhos de investigação serão apresentados durante os próximos quatro dias, versando assuntos como saúde e bem-estar, doenças infecciosas, doenças não transmissíveis, nutrição, saúde mental, determinantes sociais da saúde e ainda os sistemas de saúde.

Participou igualmente na cerimónia de abertura a vice-ministra da Ciência, tecnologia ensino superior e técnico profissional, Leda Hugo, que na sua intervenção manifestou o desejo de ver a investigação científica a melhorar a saúde das comunidades.

O programa científico do evento compreende sessões plenárias, em número de três; sessões paralelas temáticas, em número de 34; e simpósios, em número de 16.

Os temas abordados nestas Jornadas Nacionais incluem uma diversidade de assuntos relevantes para a saúde e bem-estar, doenças infecciosas, doenças não transmissíveis, nutrição, saúde mental, determinantes sociais da saúde e bem-estar, bem como sistemas de saúde.

Participarão também, nestas Jornadas Nacionais de saúde, convidados internacionais provenientes de África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, Congo, Estados Unidos da América, Reino Unido, Suíça e Zimbabwe.

O evento decorre sob o lema “Promovendo a intersectorialidade e a participação comunitária para o alcance dos objectivos de desenvolvimento sustentável” e é organizado pelo Instituto Nacional de Saúde, em parceria com instituições públicas de Ensino Superior com acção na área de saúde.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos