O País – A verdade como notícia

Indústria e serviços portugueses em evidência na 53.ª edição da Feira Internacional de Maputo

A pensar no desenvolvimento, um grupo de empresas portuguesas marca presença na 53ª edição da FACIM – a Feira Internacional de Moçambique. Sempre a pensar, por um lado, nas necessidades de infra-estruturas em algumas áreas como a educação ou a saúde, marcas como a USYNorma, a Brand Partners, a Tecla Binária, ou a Galáxia Encantada pretendem apresentar-se aos players nacionais como resposta funcional e eficiente. Por outro lado, cada uma destas empresas encontra no mercado moçambicano mais-valias como o potencial de crescimento e a qualidade dos recursos humanos como causas para o investimento. 

Para o grupo de empresas lusas, o desenvolvimento implica um trabalho consistente em diferentes áreas de actuação. A saúde pública, a agricultura e a educação são pilares fulcrais para que cada país consiga construir uma base de crescimento relativamente equilibrada, para depois impulsionar outras áreas.

Assente na longa parceria entre Portugal e Moçambique, procura-se que o encontro durante a semana da FACIM leve a que os dois países cresçam em conjunto, criando negócios favoráveis para ambas as partes. 

Cada visitante, nacional ou estrangeiro, que percorrer o recinto da FACIM desde o dia 28 de Agosto, pode experimentar os produtos biológicos portugueses, relacionando automaticamente a experiência com o crescimento de produtos moçambicanos como a moringa, os frutos silvestres ou o óleo de cocô, ou compreender como é que as marcas são trabalhadas para chegar a um maior número de público. 

Igualmente presente está a SOLFAESTOFO, a Obviouspicy, a Install Expert, a BMNS ou a HSCHEM, todas empresas portuguesas ligadas à construção e ao designer de interiores e possíveis soluções à expansão imobiliária nacional. 
A participação das empresas portuguesas em mais uma edição da FACIM é uma iniciativa co-financiada pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e Fundos Europeus Estruturais e de Investimento enquadrado nos programas operacionais: COMPETE 2020, NORTE2020, LISBOA2020, ALENTEJO2020, CENTRO2020. 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos