O País – A verdade como notícia

Indivíduos que assassinaram portuguesa na Beira serão punidos exemplarmente

A polícia reagiu, hoje, em relação à morte de uma cidadã de nacionalidade portuguesa, que foi raptada na cidade da Beira e posteriormente atirada no rio Púnguè.

Inácio Dina, Porta-voz da PRM, diz que os três assassinos devem ser punidos conforme recomenda a Lei moçambicana. Dina considera a acção dos autores confessos como um crime hediondo.

Num outro caso, que concerne aos ataques em Mocímboa da Praia, as autoridades policiais informaram que o processo está nas mãos da Procuradoria-Geral da República.

Inácio Dina falava hoje, em conferência de imprensa, que visava fazer o balanço da transição do ano 2017 para 2018.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos