O País – A verdade como notícia

Incêndio Califórnia: 42 mortes identificadas

O incêndio florestal mais violento da América já matou 42 pessoas e 200 estão desaparecidas, com perto de 50.000 hectares de área ardida. Os ventos fortes de 80 quilómetros por hora que se faziam sentir empurraram as chamas rapidamente e muitos moradores ficaram com dificuldades para escapar.

Segundo whaignton Post, Paradise (na Califórnia) era uma cidade habitada por uma população de 27 000 pessoas, na sua maioria aposentada, a média de idade era de 50 anos. Os moradores sobreviventes estão espalhados pelos abrigos e hotéis e casas de família longe das chamas que deve ser a oito quilómetros da cidade.

O fogo mais destrutivo da história da Califórnia, destruiu mais de 6.000 edifícios, na maioria deles eram residências.

Bombeiros locais dizem que a ordem de prioridades é "salvar vidas, proteger propriedades e conter a linha das chamas”.

 Uma habitante de Paradise citada pelo Euronews diz que "todos perderam algo, são bairros completos que se evaporaram".

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump declarou o estado de emergência federal, disponibilizou fundos para ajudar os bombeiros e oferecer assistência às populações afectadas.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos