O País – A verdade como notícia

INAM diz que “Gombe” já está a enfraquecer e ventos vão baixar até 50 km/h

Até ao início desta tarde, o Ciclone Gombe ainda não estava completamente em Moçambique, mas já causava ventos com mais de 165 quilómetros por hora, depois de ter entrado no país nas primeiras horas desta sexta-feira, através da província de Nampula, em forma de ciclone tropical intenso.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INAM) assegura que apesar do evento ter entrado no país com ventos na intensidade referida e rajadas de 230 quilómetros, o sistema ainda está a fazer um movimento da costa para o interior do país, mas já com aumento na queda da chuva.

“Só nas últimas seis ou oito horas tivemos uma precipitação em volta dos 200 milímetros, naquela região principalmente nos distritos costeiros, a partir de Angoche, Larde, Nacala, Ilha de Moçambique, Mongicual e Mossuril estes dois últimos, que foram o ponto de entrada”, mencionou Acácio Tembe, porta-voz do INAM.

O ciclone poderá entrar por completo no continente, nas próximas horas, e vai enfraquecer, passando para a tempestade tropical. Apesar dos rastos de destruição já causados, a intensidade dos ventos já começou a reduzir, rondando nos 130 quilómetros por hora.

Segundo Tembe, nas próximas horas poderá enfraquecer ainda mais, chegando aos 50 quilómetros por hora, o mesmo acontecerá com as rajadas que vão baixar para 60 a 75 quilómetros por hora, e serão menos destrutivas.

A situação irá provocar aumento na queda da chuva, para extensão das províncias de Nampula, Zambézia, zona sul de Niassa, Cabo Delgado, Tete e Sofala.

“Para essas regiões teremos chuvas acima dos 200 milímetros e outras acima dos 100 milímetros, por causa dessa quantidade de precipitação, há grande probabilidade de ocorrer algumas inundações, nalguns pontos de Nampula e Zambézia”, explicou.

Chuvas intensas irão cair durante três dias nessas províncias, e o sistema sairá do país no dia 14 deste mês, para o canal de Moçambique.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos