O País – A verdade como notícia

INAGE capacita gestores da MoRENet em gestão de redes avançadas

Foto: MCTES

Um total de 32 gestores das instituições ligadas à rede de instituições de ensino superior e de investigação de Moçambique (MoRENet), das delegações provinciais do Instituto Nacional de Governo Electrónico (INAGE), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) e do INAGE-Sede, beneficiam-se de capacitação em gestão de redes avançadas.

O curso visa capacitar os beneficiários a desenvolver capacidades e habilidades técnicas para administrar a infra-estrutura de rede, aplicações e serviços da MoRENet, por forma a dar apoio e assistência técnica na resolução de problemas pontuais que forem reportados pelas instituições.

Discursando por ocasião da Cerimónia de abertura da capacitação, realizada ontem em Maputo, o director-geral do INAGE, Ermínio Jasse, disse que o curso cobre as áreas de Redes, Sistemas e Aplicações, e Segurança Cibernética em cinco (05) instituições ligadas a MoRENet.

Na ocasião, Jasse explicou que a componente de visitas de estudo tem como finalidade o aperfeiçoamento do aprendizado e consolidação do conhecimento adquirido no curso; conhecimento da realidade e do ambiente onde são realizadas as actividades; socialização e troca de contacto entre os quadros do INAGE/MoRENet e os profissionais das instituições ligadas a MoRENet; e resolução de problemas reais e situações concretas que as instituições enfrentam no seu dia-a-dia.

É expectativa da direcção do INAGE, que no fim do ciclo de formação em gestão de redes avançadas, os beneficiários da capacitação estejam em condições de melhorar a infra-estrutura de redes de computadores das instituições beneficiárias dos serviços da MoRENet; garantir a segurança da informação e protecção da infra-estrutura de rede face às ameaças constantes; e assegurar a disponibilidade dos serviços oferecidos pela MoRENet.

Neste contexto, apelou aos formandos a empenharem-se na formação e bom uso do equipamento fornecido para facilitar a formação, conservando-o de modo a servir para outros técnicos que participarão nas formações futuras.

“Encorajar também a socialização e troca de contactos entre todos os participantes do curso por forma a criarem uma comunidade de trabalho e de cooperação técnica para aprendizagem e assistência nas suas actividades” sublinhou Jasse.

A cerimónia contou com a participação do director nacional de Sistemas de Informação, Estudos e Projectos (DISIEP), Constantino Sotomane, assessor do ministro para a área de Tecnologia de Informação e Comunicação, Florêncio Maulano Formandos, entre outros.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos