O País – A verdade como notícia

INAE envia brigada para travar especulação de preços na Beira

O ciclone tropical IDAI, que varreu a região centro de Moçambique, não só deixou luto e destruição de infra-estruturas sócio-económicas, como também trouxe outro problema: a especulação de preços de vários produtos, com destaque para os da primeira necessidade.

Especulação de preços na Beira obrigou a Inspecção Nacional de Actividades Económicas (INAE) a enviar uma brigada central para o centro do país, onde os comerciantes aproveitam-se dos estragos do ciclone IDAI para prejudicar a quem neste momento precisa de um pouco de tudo para sobreviver.

Um frango, por exemplo, chegou a valores próximos de mil meticais, contra os habituais 250 meticais. A INAE não ficou alheia à situação.

Num outro desenvolvimento, o porta-voz da INAE, Ali Mussa, revelou que nos últimos 15 dias, foram detectados vários atropelos no exercício da actividade económica em alguns pontos do país.

 Ainda no período em análise, a Inspecção Nacional de Actividades Económicas disse ter suspendido pelo menos três unidades comerciais em Maputo, Inhambane e Manica.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos