O País – A verdade como notícia

INAE encerra bares em Maputo por violação ao decreto 

Dois bares encerrados e três casamentos inviabilizados por violação das medidas de contenção da COVID-19 são resultados do trabalho levado a cabo pela Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) durante o último fim-de-semana longo.

Denominada “operação independência”, que decorreu durante quatro dias, foram fiscalizados, só na cidade de Maputo, 245 estabelecimentos comerciais, com a maior incidência para os de restauração.

“Durante este período, fiscalizámos 173 estabelecimentos de restauração, 13 salas de eventos e 59 de comércio geral”.

Nesta operação, a INAE notou que o incumprimento do decreto que visa conter a propagação da COVID-19 persiste, havendo, ainda, pessoas que continuam a promover festas privadas.

“Nos salões de eventos, tivemos situações de superlotação, com a participação de mais de 200 pessoas, violando, desta forma, o decreto presidencial”, explicou Egas Mazivile.

Egas Mazivile declarou, ainda, que “durante este período, houve muitos aglomerados, falta de distanciamento físico, água para lavar as mãos e de indicação da capacidade máxima de lotação dos estabelecimentos”.

O INAE explicou que muitos estabelecimentos visitados, estando em situações irregulares, nesta primeira fase, foram sensibilizados, sendo que, se as violações continuarem, serão aplicadas sanções, que passam de multa à retenção das respectivas licenças.

Cientes dos vários cenários que se verificam um pouco por todos os bairros da cidade de Maputo, Egas Mazivile disse que os focos já foram identificados e uma equipa multissectorial, composta pela PRM, INAE e Polícia Municipal, está a trabalhar para estancar, de uma vez por todas, este fenómeno.

A “Operação Independência” decorreu de 24 a 27 de Junho e tinha como principal objectivo sensibilizar os agentes económicos para o cumprimento das medidas de contenção da COVID-19.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos