O País – A verdade como notícia

INAE diz que publicidade sobre álcool deve passar acima das 20 horas

São ao todo mais de 700 estabelecimentos comerciais que foram fiscalizados nos últimos 15 dias. Como resultado desta fiscalização, a INAE apreendeu produtos avaliados em pouco mais de 400 mil meticais por estarem fora do prazo.

“Os produtos fora do prazo foram apreendidos nas províncias do Niassa, Nampula, Zambézia, Tete, Manica Inhambane e Gaza”, informou Ali Mussa, porta-voz o INAE.

Além da apreensão desses produtos, a INAE diz que vai lançar mão dura contra os agentes económicos que fazem a comercialização do álcool em locais impróprios, bem como aos meios de comunicação social que passarem a publicidade antes das 20 horas.

“O código da publicidade responsabiliza três níveis, o dono da publicidade, a agência publicitário e o meio que serviu para veicular a informação”, acrescentou Mussa.

Questionado sobre a impunidade em relação à venda de álcool próximo às escolas, o porta-voz do INAE disse que neste momento ainda se está na fase educativa.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos