O País – A verdade como notícia

INAE aborta subida do preço do pão

A Inspecção Nacional das Actividades Económicas travou a subida do preço do pão a partir do dia 01 de Abril. Rita Freitas, inspectora-geral da instituição, garante que o Governo está a trabalhar para que o aumento não aconteça e diz que houve precipitação por parte dos panificadores.

A notícia sobre a subida do preço do pão, a partir do dia 01 de Abril, soou de Nampula e horas depois teve réplica da Associação Moçambicana dos Panificadores na cidade de Maputo.

Parecia mentira, mas era mesmo verdade que a indústria panificadora estava decidida a subir o preço do produto de que dependem milhares de famílias no país para a alimentação. Mas, esta terça-feira, a Inspecção Nacional das Actividades Económicas assegurou que tal não vai acontecer.

“Lamentamos, porém, as falsas notícias que circulam e isso preocupa-nos, mas acredito que as pessoas são atentas e sabem que isso não vai acontecer. No dia 01 de Abril não haverá aumento do preço do pão”, revelou Rita Freitas, inspectora-geral da Inspecção Nacional das Actividades Económicas.

Os panificadores justificam a subida do preço do pão com o aumento dos custos de produção, com destaque para a farinha de trigo. A INAE diz que está a trabalhar com todos os intervenientes nessa cadeia e considera que houve precipitação.

“Podemos dizer que houve precipitação de algumas pessoas e, infelizmente, isso já aconteceu no passado, mas nós estamos a trabalhar, incluindo com a AMOPÃO e as moageiras, através do Ministério da Indústria e Comércio, para analisar e avaliar todo o processo de produção de trigo e do pão. Em devido tempo, daremos a informação sobre o desfecho do assunto” tranquilizou Rita Freitas.

Até aqui, ainda não tinham sido avançados os novos preços do pão, mas os mesmos iriam depender dos custos de produção e distribuição de cada zona do país.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos