O País – A verdade como notícia

IGT suspende cinco trabalhadores da China Super Market

A Inspecção Geral do Trabalho (IGT) em coordenação com a Inspecção Nacional das Actividades Económicas (INAE) suspendeu cinco trabalhadores chineses, do estabelecimento China Super Market, na avenida do Trabalho. A suspensão deveu-se ao facto de terem sido constatadas graves violações dos direitos dos trabalhadores bem como dos consumidores.

Contratação ilegal de cinco trabalhadores chineses, Excesso de carga horária, falta de concessão de férias e falta de contrato reduzido à forma escrita foram as violações encontradas no estabelecimento comercial.

Por não ser a primeira vez que o estabelecimento viola a legislação laboral vigentes no país, a IGT suspendeu de imediato os trabalhadores e pediu o seu repatriamento, para além da China Super Market pagar uma multa no valor de 799.000,00MT.
 

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos