O País – A verdade como notícia

Huawei inaugura seu maior Centro Global de Cibersegurança e Transparência para Proteção de Privacidade na China

Huawei defende o desenvolvimento de capacidade, intercâmbio de conhecimento e coalizões mais estreitas em todo o setor.

[Dongguan, China, 9 de Junho de 2021] – A Huawei inaugurou hoje seu maior Centro Global de Cibersegurança e Transparência para Proteção de Privacidade em Dongguan (China), diante de representantes da GSMA, SUSE, a Instituição Britânica de Normalização e reguladores dos Emirados Árabes Unidos e Indonésia, que interveio na cerimônia de inauguração.

Junto com a abertura do novo centro, a Huawei também lançou sua Linha de Base de Segurança de Produto, marcando a primeira vez que a empresa disponibilizou sua estrutura básica de segurança de produto e práticas de gerenciamento para a indústria como um todo. Essas ações são parte dos esforços mais amplos da empresa para se envolver com clientes, fornecedores, organizações de padrões e outras partes interessadas para fortalecer a segurança cibernética em todo o setor.

“A segurança cibernética é mais importante do que nunca” comentou Ken Hu, presidente rotativo da Huawei Durante o evento inaugural do centro em Dongguan. “Como indústria, devemos colaborar, trocar melhores práticas e desenvolver nossas capacidades comuns em governança, padrões, tecnologia e verificação. Devemos dar razões ao público em geral e aos reguladores para confiar na segurança dos produtos e serviços que utilizam diariamente. Juntos, podemos alcançar o equilíbrio perfeito entre segurança e desenvolvimento em um mundo cada vez mais digital”.

Ken Hu, presidente rotativo da Huawei, pronuncia seu discurso na cerimônia inaugural do Centro Global de Cibersegurança e Transparência para Proteção de Privacidade da Huawei em Dongguan (China)

 

Nos últimos anos, a digitalização industrial e novas tecnologias como 5G e inteligência artificial (IA) resultaram em um ciberespaço mais complexo do que nunca, acrescentando ao fato de que as pessoas passaram uma maior proporção de seu tempo online durante a pandemia Covid-19. Essas tendências levaram a um aumento dos novos riscos de segurança cibernética.

 

Huawei abriu o Centro Global de Cibersegurança e Transparência para Proteção de Privacidade em Dongguan com o objetivo de lidar com esses problemas fornecendo uma plataforma através da qual as partes interessadas da indústria podem compartilhar seus conhecimentos sobre governo eletrônico e colaborar estreitamente no desenvolvimento de soluções técnicas. O centro foi projetado para apresentar soluções e compartilhar experiências, facilitar a comunicação e inovação conjunta, e promover testes de segurança e verificação. Estará disponível para reguladores, organizações de teste externos independentes e organizações de padronização, bem como clientes, parceiros e fornecedores da Huawei.

 

Para avançar na consolidação de uma abordagem unificada da segurança cibernética na indústria de telecomunicações, organizações como a GSMA e o 3GPP também trabalharam com atores da indústria para promover especificações de garantia de segurança NESAS e outras certificações independentes. Essas bases são amplamente aceites na indústria e desempenharão um papel importante no desenvolvimento e verificação de redes seguras.

Mats Granryd, gerente geral da GSMA, interveio durante o evento de inauguração do novo centro Huawei. “O fornecimento de serviços novos e existentes na era 5G será em grande parte baseado na conectividade oferecida pelas redes móveis e dependerá fundamentalmente da tecnologia subjacente ser segura e confiável”, disse ele. “Iniciativas como a GSMA 5G Base de conhecimento de cibersegurança, que foi desenvolvida para ajudar as partes interessadas a entender e mitigar riscos em redes, e NESAS, um quadro de garantia de segurança para toda a indústria, foram concebidos para facilitar melhorias nos níveis de segurança dos equipamentos de rede em todo o setor”.

No evento, a Huawei também lançou sau Linha de base de segurança do produto, o culminar de mais de uma década de experiência em gerenciamento de segurança de produto, incorporando uma ampla gama de regulamentações externas, padrões técnicos e requisitos regulamentares. A Linha de Base, junto com outros mecanismos de governança da Huawei, ajuda a garantir a qualidade, segurança e confiabilidade dos produtos da empresa. Ao longo dos anos, a Huawei construiu mais de 1.500 redes que conectam mais de três bilhões de pessoas em 170 países e regiões. Nenhuma dessas redes jamais experimentou um grande incidente de segurança.

“Esta é a primeira vez que compartilhamos nossa estrutura de fundamentais de segurança com toda a indústria, não apenas nossos principais fornecedores”, disse Sean Yang, diretor do Departamento Global da Huawei de Cibersegurança e Proteção de Privacidade. “Queremos convidar todas as partes interessadas, incluindo clientes, reguladores, organizações de normalização, provedores de tecnologia e organizações de teste, a juntar-se a nós para analisar e desenvolver conjuntamente os fundamentos da cibersegurança. Juntos podemos melhorar continuamente a segurança dos produtos em toda a indústria”.

Atualmente, a indústria ainda carece de uma abordagem coordenada baseada em padrões, especialmente no que diz respeito à governança, capacidades técnicas, certificação e colaboração.

“O risco de segurança cibernética é uma responsabilidade compartilhada”, concluiu Ken Hu em seu discurso inaugural. “Governos, organizações de normalização e provedores de tecnologia devem trabalhar mais de perto para criar um entendimento comum dos desafios de segurança cibernética. Este esforço deve ser internacional. Devemos definir objetivos comuns, alinhar responsabilidades e colaborar na construção de um ambiente digital confiável que aborde os desafios do presente e do futuro”.

Clique aqui para baixar o documento Fundamentais de Segurança do produto Huawei.

 

 

Sobre a Huawei

Fundada em 1987, a Huawei é um dos principais fornecedores mundiais de tecnologias de informação e comunicação (ICT) e infra-estrutura de dispositivos inteligentes. Temos aproximadamente 197,000 funcionários e operamos em mais de 170 países e regiões, servindo mais de três bilhões de pessoas em todo o mundo.

Nossa visão e missão é trazer digital a cada pessoa, casa e organização para um mundo totalmente conectado e inteligente. Para alcançar isso, vamos promover conectividade universal e promover o acesso igualitário às redes; trazer nuvem e inteligência artificial a todos os cantos do planeta para fornecer poder de computação superior onde e quando for necessário; construir plataformas digitais que ajudam as indústrias e empresas a alcançar maior agilidade, eficiência e dinamismo; e redefinir a experiência do usuário com IA para ser capaz de adaptá-la a cada esfera da vida das pessoas, seja em casa, no escritório ou em movimento.

Para obter mais informações, visite Huawei on-line em www.huawei.com ou siga-nos em:

http://www.linkedin.com/company/Huawei

http://www.twitter.com/Huawei

http://www.facebook.com/Huawei

http://www.google.com/+Huawei

http://www.youtube.com/Huawei

 

 

Huawei Opens Its Largest Global Cyber Security and Privacy Protection Transparency Center in China

Huawei advocates for industry-wide capability building, knowledge sharing, and tighter coalitions.

[Dongguan, China, June 9, 2021] Huawei opened its largest Global Cyber Security and Privacy Protection Transparency Center in Dongguan, China today, with representatives from GSMA, SUSE, the British Standards Institution, and regulators from the UAE and Indonesia speaking at the opening ceremony.

Along with the opening of the new center, Huawei also released its Product Security Baseline, marking the first time the company has made its product security baseline framework and management practices available to the industry as a whole. These actions are part of the company’s broader efforts to engage with customers, suppliers, standards organizations, and other stakeholders to jointly strengthen cyber security across the industry.

“Cyber security is more important than ever,” said Ken Hu, Huawei’s Rotating Chairman, at the opening of the Dongguan center. “As an industry, we need to work together, share best practices, and build our collective capabilities in governance, standards, technology, and verification. We need to give both the general public and regulators a reason to trust in the security of the products and services they use on a daily basis. Together, we can strike the right balance between security and development in an increasingly digital world.”

Ken Hu, Huawei’s Rotating Chairman, speaks at the opening of Huawei’s Global Cyber Security and Privacy Protection Transparency Center in Dongguan, China

Over the past few years, industry digitalization and new technologies like 5G and AI have made cyberspace more complex than ever, compounded by the fact that people have been spending a greater portion of their lives online throughout the COVID-19 pandemic. These trends have led to a rise in new cyber security risks.

Huawei opened the new Global Cyber Security and Privacy Protection Transparency Center in Dongguan to address these issues, providing a platform for industry stakeholders to share expertise in cyber governance and work on technical solutions together. The center is designed to demonstrate solutions and share experience, facilitate communication and joint innovation, and support security testing and verification. It will be open to regulators, independent third-party testing organizations, and standards organizations, as well as Huawei customers, partners, and suppliers.

To further a unified approach to cyber security in the telecoms industry, organizations like GSMA and 3GPP have also been working with industry stakeholders to promote NESAS Security Assurance Specifications and independent certifications. These baselines have seen wide acceptance in the industry, and will play an important role in the development and verification of secure networks.

Mats Granryd, Director General of GSMA, spoke at the opening of Huawei’s new center. “The delivery of existing and new services in the 5G era will rely heavily on the connectivity provided by mobile networks and will fundamentally depend on the underlying technology being secure and trusted,” he said. “Initiatives such as the GSMA 5G Cybersecurity Knowledge Base, designed to help stakeholders understand and mitigate network risks, and NESAS, an industry-wide security assurance framework, are designed to facilitate improvements in network equipment security levels across the sector.”

At the event, Huawei also released its Product Security Baseline, the culmination of over a decade of experience in product security management, incorporating a broad range of external regulations, technical standards, and regulatory requirements. The Baseline, together with Huawei’s other governance mechanisms, helps ensure the quality, security, and trustworthiness of the company’s products. Over the years, Huawei has built over 1,500 networks that connect more than three billion people across 170 countries and regions. None of these networks have ever experienced a major security incident.

“This is the first time we’ve shared our security baseline framework with the entire industry, not just core suppliers,” said Sean Yang, Director of Huawei’s Global Cyber Security and Privacy Protection Office. “We want to invite all stakeholders, including customers, regulators, standards organizations, technology providers, and testing organizations, to join us in discussing and working on cyber security baselines. Together, we can continuously improve product security across the industry.”

At present, the industry still lacks a standards-based, coordinated approach, especially when it comes to governance, technical capabilities, certification, and collaboration.

“Cybersecurity risk is a shared responsibility,” concluded Ken Hu in his opening remarks. “Governments, standards organizations, and technology providers need to work closer together to develop a unified understanding of cyber security challenges. This must be an international effort. We need to set shared goals, align responsibilities, and work together to build a trustworthy digital environment that meets the challenges of today and tomorrow.”

Click here to download the Huawei Product Security Baseline.

 

About Huawei

Founded in 1987, Huawei is a leading global provider of information and communications technology (ICT) infrastructure and smart devices. We have approximately 197,000 employees, and we operate in more than 170 countries and regions, serving more than three billion people around the world.

Our vision and mission is to bring digital to every person, home and organization for a fully connected, intelligent world. To this end, we will drive ubiquitous connectivity and promote equal access to networks; bring cloud and artificial intelligence to all four corners of the earth to provide superior computing power where you need it, when you need it; build digital platforms to help all industries and organizations become more agile, efficient, and dynamic; redefine user experience with AI, making it more personalized for people in all aspects of their life, whether they’re at home, in the office, or on the go.

For more information, please visit Huawei online at www.huawei.com or follow us on:

http://www.linkedin.com/company/Huawei

http://www.twitter.com/Huawei

http://www.facebook.com/Huawei

http://www.google.com/+Huawei

http://www.youtube.com/Huawei

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos