O País – A verdade como notícia

Houve agressões e acidentes de viação, mas sete de Abril foi tranquilo

Foto: O País

Pelo menos 15 pacientes vítimas de agressão e acidentes de viação nas festividades do 07 de Abril deram entrada no Hospital Central de Maputo. Tendo em conta estes dados, a maior unidade sanitária do país diz que o dia da mulher moçambicana foi calmo.

Era dia delas. As mulheres moçambicanas. Todo o país estava em festa. Era capulana em tudo quanto é canto. Era festa, grande festa. Era 07 de Abril. Não obstante a característica típica das festas, a exaltação, as celebrações do dia da mulher moçambicana foram tranquilas, tirando os “poucos” casos de agressão física e acidentes de viação.

“Tivemos o registo de entrada de seis pacientes vítimas de acidentes de viação e apenas nove doentes que sofreram agressões físicas”, revelou Justino Madeira, médico-chefe dos Serviços de Urgência do Hospital Central de Maputo.

E os pacientes que deram entrada no Hospital Central de Maputo têm um quadro clínico estável. “Não foram casos tão preocupantes que pudessem de cuidados intensivos ou mesmo cirúrgicos e os que tiveram o critério que ditaram o internamento estão internados e não são muitos”, detalhou Justino Madeira.

Num dia normal, o HCM atende entre 350 a 400 centros pacientes e no 07 de Abril, apenas 170 doentes procuraram pelos serviços daquela unidade sanitária.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos