O País – A verdade como notícia

Homem detido por simular roubo de um milhão de meticais

Um homem forjou o roubo de um milhão de meticais do seu patrão. O indiciado foi detido pela Polícia da República de Moçambique (PRM) na cidade de Maputo.

O homem foi confiado pelo seu patrão para levantar o valor no banco, mas, em vez de entregar o valor ao dono, teve outra ideia – chamar dois amigos, neste momento em parte incerta, para simular um roubo.

Assim, dirigiu-se à primeira esquadra da polícia para participar o caso, como se de um assalto se tratasse, segundo explica Leonel Muchina, porta-voz da PRM.

O indiciado e os comparsas iriam ter com o patrão com o auto já levantado e ficariam com o valor.

“O jovem alegou que foi interceptado por indivíduos que o assaltaram com armas de fogo. A polícia colocou agentes para investigarem o roubo, mas os agentes descobriram que era um acto todo simulado e que se tratava de uma artimanha com a intenção de desviar o valor”, disse Leonel Muchina.

Com a descoberta, Muchina conta que foi possível recuperar 843 mil meticais, e continuam investigações para reaver a outra parte do valor em falta.

Ainda nos trabalhos operativos, a PRM conseguiu deter um homem que vendia desodorizantes e creme corporal falsificados, feitos à base de água, ovo, loção e outros produtos, no mercado Xipamanine.

“Este indivíduo recolhia os recipientes no lixo, enchia com água e gel e outros produtos e, desta forma, colocava à venda no mercado. Ele fazia isso desde 2017 e conseguimos chegar até ele através de denúncias”, explicou o porta-voz da PRM, na cidade de Maputo.

Quando questionado, o jovem confessou o crime e disse que esta foi a única forma que encontrou para ganhar dinheiro, uma vez que não consegue trabalho.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos