O País – A verdade como notícia

Hidrologistas buscam estratégias para melhorar previsão meteorológica

O ano hidrológico 2015/16 é tido como sendo o mais seco dos últimos 35 anos na zona austral de áfrica o que levou ao registo de baixas de armazenamento de água nas albufeiras da Zâmbia, Zimbábwè e Moçambique. A capacidade de armazenamento de água chegou a atingir valores mínimos de 12.7%, 42% e 15%, respectivamente.

A barragem de Cahora Bassa chegou a reduzir a produção anual de corrente eléctrica de 15 mil gigawatts para cerca de 13.600 gigawatts/hora.

Para mitigar os efeitos da seca no rio Zambeze, os operadores das albufeiras e gestores de recursos hídricos da Zâmbia, Zimbábwè e Moçambique, estão reunidos em Maputo para juntos melhorarem as previsões meteorológicas.

Outro objectivo deste encontro tem a ver com o melhoramento da gestão dos recursos hídricos tendo em conta os ganhos a longo prazo.

O primeiro fórum de operadores de barragens e gestores de recursos hídricos do rio Zambeze termina na sexta-feira.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos