O País – A verdade como notícia

HCM vai reforçar equipas de trabalho para responder a forte procura pelos serviços

O Hospital Central de Maputo vai reforçar as equipas de trabalho para responder a forte procura pelos serviços de Saúde durante a quadra festiva. O HCM tem 500 unidades de sangue, que considera suficientes, mas para melhor gestão vai interromper as cirurgias programadas até a primeira semana de Janeiro.

O número de pessoas que dão entrada nos serviços de urgência do maior hospital do país aumenta na quadra festiva. Por isso o Hospital Central de Maputo criou escalas de apoio para responder a pressão.

Doentes com diabetes, hipertensão, vítimas de acidentes de viação e queimaduras são os pacientes frequentes nessa época. Mas existem medidas que podem ser tomadas para evitar esses casos.

Para gerir o sangue disponível no seu stock, o HCM decidiu adiar as operações que estavam programadas para este mês.

Por se tratar do verão e da época chuvosa também são comuns casos de malária e diarreias, por isso recomenda-se o uso de redes mosquiteiras, lavagem das mãos e consumo de água limpa e tratada.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos