O País – A verdade como notícia

Moçambique regista pela primeira vez 2.460 infecções por COVID-19

Pela primeira vez desde o início da pandemia, o país registou 2.460 casos positivos, em 2.437 cidadãos nacionais e 23 estrangeiros. Além das infecções, mais 26 indivíduos perderam a vida, vítimas da COVID-19.

Trata-se de 1.381 mulheres e 1.079 homens, com os quais o total sobe para 115.886, sendo 115.517 casos são de transmissão local e 369 importados.

 A cidade e província de Maputo registaram o maior número de infecções com 916 e 466, respectivamente.

O Ministério da Saúde (MISAU) explica, em comunicado de imprensa, que os indivíduos que morreram são 14 homens e 12 mulheres, todos de nacionalidade moçambicana, com idades entre 18 e 90 anos.

Os pacientes, cujos óbitos ocorreram entre os dias 24 e esta quarta-feira, são 25 moçambicanos e um cidadão estrangeiro. O número de mortes causadas pela COVID-19 em Moçambique sobe para 1.367.

“Nas últimas 24 horas registamos 105 novos internamentos e 67 altas hospitalares. Até o momento, o país tem um cumulativo de 5.598 pacientes internados, dos quais 484 estão actualmente nos Centros de Internamento de COVID-19 e em outras Unidades Hospitalares”, lê-se no referido comunicado.

Entre mortes, infecções e novos internamentos, há quem livrou-se do vírus nas últimas 24 horas. São mais 333 moçambicanos e 12 estrangeiros totalmente recuperados da COVID-19 e total atingiu 86.423.

Em todo território nacional há 28.092 casos activos do novo Coronavírus.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos