O País – A verdade como notícia

ONU:Guterres defende reforma do Conselho de Segurança

Foto: Noticias ao Minuto

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, defende uma reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas, acusando os cinco membros permanentes de “manter o seu privilégio” na tomada de decisões finais do organismo.

“São membros permanentes que naturalmente pretendem manter o seu privilégio, que é importante, visto que lhes dá também o direito de veto e, com isso, uma enorme influência nas decisões das Nações Unidas a todos os níveis no plano de paz e segurança, mas, por outro lado, têm-se verificado grandes divisões”, explicou Guterres, citado pelo Notícias ao Minuto.

António Guterres, que falava à RTP, revelou que nem sempre há unanimidade em relação à escolha de outros potenciais candidatos a membros permanentes do órgão, defendendo que não haveria reforma se não se reconfigurar o Conselho de Segurança.

Actualmente, o Conselho de Segurança das Nações Unidas é reservado aos Estados Unidos da América, Rússia, França, Reino Unido e República Popular da China.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos