O País – A verdade como notícia

Guiné-Bissau doa 100 mil dólares às vítimas do IDAI

O governo da Guiné-Bissau mostrou-se solidário para com as vítimas do ciclone IDAI e decidiu oferecer 50 milhões de francos RFA (100 mil dólares americanos) para minimizar o sofrimento dos afectados.

Recebido no hotel onde está hospedado a selecção nacional pela vice-ministra da Juventude e Desportos, Ana Flávia Azinheira, o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes, disse que o povo do seu país está solidário com os moçambicanos.

"Somos dois povos irmãos e sentimos muito pelo que acontece no vosso país. Temos acompanhado o que está a acontecer e estamos bastante sensibilizados. Viemos aqui para prestar nossa solidariedade para o povo de Moçambique e dizermos que estamos juntos", disse o primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Aristides Gomes.

"Para minimizar o vosso sofrimento, queremos dizer que vamos entregar um envelope com 50 milhões de francos, 100 mil dólares, para apoiar. Essa é a nossa singela contribuição para os moçambicanos", assegurou Aristides Gomes.

Em resposta, Ana Flávia Azinheira agradeceu o gesto solidário, bem como o apoio e o conforto. Agradeceu ainda a hospitalidade e ofereceu uma camisete, cascol e um galardão de Moçambique como recordação.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos