O País – A verdade como notícia

Grupo armado volta a aterrorizar Cabo Delgado

Foto: DW

Cerca de um ano depois de relativa trégua, o grupo armado retomou os ataques terroristas em Cabo Delgado, onde, em apenas uma semana, foram decapitadas e raptadas várias pessoas, além de terem sido registadas algumas tentativas de assaltos às posições militares.

“Estamos a registar alguma movimentação dos terroristas no distrito de Macomia que, na última sexta-feira, dia 20, entre as aldeias Quinto Congresso e Nova Zambézia atravessaram a estrada N380 em direcção a Nkoe, onde raptaram algumas senhoras e decapitaram três cidadãos e progrediram para a zona de Nguida, onde degolaram outras pessoas. No fim, foram a aldeia de Chicomo, onde chegaram na noite do dia 22 e trocaram tiros com a força local ali posicionada e incendiaram algumas casas, e abandonaram para as matas e mais tarde retornaram para o mesmo local tendo voltado a confrontar as nossas forças”, descreveu Vicente Chicote, comandante da Polícia da República de Moçambique em Cabo Delgado.

Os supostos terroristas estavam encurralados nos distritos de Macomia e Nangade desde Setembro de 2021, dois meses depois da chegada da ajuda militar da República de Ruanda e de oito dos dezesseis países da África Austral, e a situação de segurança era considerada controlada, mas, agora, segundo a PRM, o grupo armado voltou a circular em Muidumbe e Palma, dois distritos que já estavam na lista das zonas libertadas.

“Há dias, os terroristas passaram pela sede do posto administrativo de Olumbe (Palma), onde fizeram alguns disparos e a população em pânico pôs-se em debandada e eles ficaram a roubar os produtos nas casas”, revelou Vicente Chicote.

O último ataque terrorista em Cabo Delgado, oficialmente confirmado pelo Estado moçambicano, desde que o país recebeu ajuda militar externa, foi em Fevereiro último deste ano, quando o grupo armado assaltou a ilha de Matemo, no distrito de Ibo, que fica há cerca de 100 quilómetros da cidade de Pemba.

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos