O País – A verdade como notícia

Governo vai contratar mais professores e profissionais de saúde em 2021

O Governo vai contratar mais professores e profissionais de saúde no próximo ano. As novas contratações visam responder os desafios impostos pela pandemia da COVID-19 nestes sectores.

A proposta do Orçamento do Estado para 2021 fixa uma despesa total na ordem de 368.5 mil milhões de meticais, em parte a ser coberta pela cobrança de receita no valor de 265.5 mil milhões de meticais. O défice orçamental é de 102.9 mil milhões de meticais.

O Governo definiu como prioridade na alocação dos fundos o sector da Saúde, Educação e agricultura.

Concretamente, no sector da Educação prevê-se a contratação de 9.769 novos professores, mais 1.559 que no presente ano lectivo, enquanto na Saúde, o Executivo vai reforçar com mais 5.520 profissionais em 2021, contra 4.846 contratados em 2020. O impacto orçamental destas novas admissões será na ordem de 2.5 mil milhões de meticais.

“O aumento do número de efectivos para os sectores da Educação e Saúde visa o incremento das acções de combate e prevenção da COVID-19, de forma a garantir o distanciamento interpessoal nas unidades de ensino a todos os níveis, o que irá demandar mais professores e, a nível do sector da saúde, mais profissionais para atender o aumento contínuo da procura dos serviços”, fundamenta a proposta do Orçamento do Estado para 2021.

Sem avançar números concretos, a proposta sublinha que as prioridades na alocação de recursos asseguram igualmente o investimento nas Forças de Defesa e Segurança de modo a adequá-las às exigências actuais e do futuro.

 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos