O País – A verdade como notícia

Governo moçambicano prevê criar menos empregos no próximo ano

A Proposta do Plano Económico e Social de 2019 prevê criar cerca de 354.3 mil novos empregos no país, menos seis mil postos laborais a serem criados pelo Governo e sector privado no presente ano.
 
A estratégia do Executivo de Filipe Nyusi, passa por alocar 450 kits de auto-emprego aos jovens nas profissões de carpintaria, agricultura, construção, corte e costura, cozinha, serralharia, avicultura, frio e climatização.
 
Maioria dos empregos a serem criados em 2019 será absorvida pelo sector privado, mantendo-se assim, a tendência nesta rubrica socioeconómica. O sector público só vai absorver 86.4 mil novos postos laborais.
 
Refira-se, que em Agosto passado, o Banco Mundial fez um diagnóstico negativo sobre as políticas de emprego em Moçambique, em particular jovens, que na sua maioria foram empurrados para o desemprego.
 
Em exclusivo ao O País, o economista-sénior do Banco Mundial, Ian Walker avançara que a sua instituição estava preparar um investimento na ordem de 80 milhões de dólares, com vista a desenvolver política de emprego mais inclusivas para jovens.
 
O financiamento será aprovado em breve, sendo que a sua implementação deverá ter uma duração de um ano.
 

Partilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RELACIONADAS

+ LIDAS

Siga nos